Cujubim

Buscas por jovem são suspensas e família pede que continuem

Postado em 06/02/2016 11:43 h | Fonte: G1

A família de Ruan Lucas Hildebrandt sofre com a espera por notícias do jovem de 18 anos, que continua desaparecido desde o domingo (31), quando sumiu ao ir com um grupo de amigos até uma fazenda na Linha 144, na zona rural de Cujubim (RO), no Vale do Jamari. As buscas foram suspensas pelos órgãos de segurança pública nesta sexta-feira (5), e os pais pedem que os trabalhos não sejam paralisados e que todos não se desmobilizassem na procura.

O pai de Ruan, Gilmar Ramos, de 45 anos relata que foi informado de que as buscas foram suspensas porque já foi feito a varredura em toda a área próxima ao local do desaparecimento e que não há mais indícios de que o jovem esteja na localidade, mas reitera que ainda assim devem continuar a procura. "Nestes quatros dias que ele esta perdido, tanto pode estar perto ou também longe de onde estavam e, nós queremos saber do paradeiro do nosso filho", declarou.

Gilmar disse ainda que entrou em contato com um dos amigos que estava junto ao filho antes do desaparecimento. "Ele nos contou que teriam ido à fazenda que fica próxima a uma propriedade onde existe uma invasão de terra e, ao chegarem, se depararam com um grupo de homens armados que efetuaram vários disparos contra eles, os cinco enquanto fugiam se dispersaram e apenas três conseguiram voltar à cidade", relatou.

Muito abalada e entre lágrimas, a mãe do jovem, Clarice Hildebrandt, de 40 anos, conta que o filho estava feliz, minutos antes de sair de casa para ir até a fazenda com outros quatro amigos. "Ele só foi lá para buscar as coisas dele e retornar para casa, mas não foi o que aconteceu, a gente não sabe se ele esta vivo ou ferido, o que a gente quer é ele de volta, se não for vivo, pelo menos o corpo dele", desabafou a mãe.

Segundo a assessoria da Polícia Militar (PM), as buscas iniciaram na segunda-feira (1°), com Força Tática, do Grupo de Operações Especiais (GOE), da aérea Falcão 02 e do grupo do canil do 2° BPM, de Ji-Paraná, além de apoio do Corpo de Bombeiros. Conforme a família de Ruan, os trabalhos foram suspensos na manhã desta sexta-feira (5). Foi feito contato com PM, porém não souberam informar sobre o andamento das procuras no local.

Enquanto isso, amigos e familiares e moradores sensibilizados com o acontecimento continuam nas buscas pelo jovem na localidade, mas, os pais pedem às autoridades que continuem mobilizados à procura.

"Esperamos que seja feita uma varredura de helicóptero por toda a região, não só no local onde ele tenha sumido para encontrar o corpo estando morto ou vivo. Só não queremos ficar na angústia de ter um filho perdido sem saber onde ele esteja", finalizou.

O caso

Ruan e um grupo de outros quatro amigos se deslocaram em um automóvel no domingo (31) até uma fazenda na Linha 144, mas ao chegarem foram abordados por homens armados que efetuaram vários disparos contra os amigos. Três deles conseguiram fugir e retornaram para a cidade de Cujubim.

Na segunda-feira (1°), o corpo de uma pessoa foi encontrado carbonizado dentro de um automóvel incendiado no mesmo local do desparecimento dos jovens. Segundo a polícia, a suspeita é de que o corpo seja de um dos jovens desaparecidos, já que o carro onde o corpo foi encontrado pertence ao pai de um deles. A identidade do corpo só deve ser revelada pelo Instituto Médico Legal (IML) após 30 dias, com a finalização dos exames.

Buscas por jovem são suspensas e família pede que continuem Veja todas as fotos

comentários

Deixe seu comentário

Os comentários são moderados, sua mensagem será avaliada e aparecerá ou não aqui num prazo médio de 24 horas.

Desenvolvido por:
w7br